Hepatectomia videolaparoscópica. Experiência pessoal com 107 casos

Cirurgia do Figado. Hepatectomia por videolaparoscopia. Experiência pessoal com 107 casos. Cirurgia Anatômica. Câncer de Fígado

Dr Marcel Autran Cesar Machado, Professor Livre-docente de Cirurgia da USP e médico do Hospital Sírio Libanês publica trabalho onde analisa sua experiência pessoal com mais de 100 casos de hepatectomia laparoscópica.

Palavras-chave: Cirurgia de figado. Hepatectomia Laparoscópica. Câncer do fígado.  Tratamento do Câncer. Metástase hepática.

Hepatectomia videolaparoscópica. Experiência pessoal com 107 casos

Machado MA, Makdissi FF, Surjan RC

Rev Col Bras Cir 2012;39(6):483-488

Clique aqui para baixar pdf (48 KB) hepatectomia-laparoscopica-experiencia-pessoal-107 casos

Resumo do artigo:

Objetivo: analisar nossa experiência após 107 hepatectomias videolaparoscópicas e discutir a evolução técnica da hepatectomia laparoscópica nos últimos cinco anos.

Métodos: entre abril de 2007 e abril de 2012 foram realizadas 107 hepatectomias laparoscópicas em 105 pacientes. A média de idade foi 53,9 anos (17 a 85). Cinquenta e três pacientes eram do sexo masculino. Todas as intervenções foram realizadas pelos autores do trabalho.

Resultados: do total de 107 operações, houve necessidade de conversão para a técnica aberta em três casos (2,8%). Dezesseis pacientes (14,9%) apresentaram complicações. Dois pacientes foram a óbito, mortalidade de 1,87%. Um óbito foi decorrente de infarto maciço do miocárdio, sem relação com a hepatectomia laparoscópica, que transcorreu sem intercorrências e não apresentou conversão nem sangramento. O outro óbito foi decorrente de falha do grampeador. Vinte pacientes (18,7%) necessitaram de transfusão sanguínea. O tipo de hepatectomia mais frequente foi a bissegmentectomia, segmentos 2-3, (33 casos), seguida de hepatectomia direita (22 casos). Setenta e duas cirurgias (67,3%) foram realizadas por meio da técnica de acesso Glissoniano.

Conclusão: a divulgação dos resultados é de extrema importância. As dificuldades técnicas, complicações e mesmo mortalidade, inerentes a este complexo tipo de cirurgia, necessitam ser divulgados com clareza. Este procedimento deve ser realizado em centro especializado e por equipe capacitada. A técnica de acesso Glissoniano por via laparoscópica, descrita pela nossa equipe, facilita a realização de hepatectomias anatômicas.

0 Responses to “Hepatectomia videolaparoscópica. Experiência pessoal com 107 casos”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: